BLOG

Inovação para as frotas

As novidades em gestão de frotas e segurança

A maior cervejaria do mundo adota sistema de prevenção de colisões na América Latina

09.10.2019 Collision Avoidance

A SAB Miller - agora AB Inbev - está presente na América Latina há mais de uma década e opera em sete países. Toda a frota percorre mais de 3 milhões de quilômetros por mês e faz 4,8 milhões de entregas por ano. Quando decidiram adotar a tecnologia de prevenção de acidentes, eles  contataram Orlando Velez Naar, Gerente Geral da INVEA - distribuidor oficial da Mobileye na Colômbia.

Eles decidiram começar com um piloto: a Transportes TEV, na Colômbia, instalou 180 unidades Mobileye. Eles relataram uma redução nas colisões de 70%. Isso levou à decisão de instalar a Mobileye em toda a frota latino-americana de 1.200 veículos.

Carlos Cucalon, Gerente Regional para a América Latina, disse sobre o projeto: A Mobileye pode ser descrita como uma ferramenta de redução de custos, pois evita acidentes que são caros e influencia positivamente o comportamento do motorista, melhora o consumo de combustível e mantém os caminhões na estrada.

Uma das próximas frotas da SAB Miller a instalar a Mobileye foi a Transportes 77, no Peru, que viu a prevenção de colisões como parte de um programa maior para aumentar a segurança de sua frota. A Transportes 77 também percebeu um crescimento incrível na última década - em 2007, eles transportaram 7 milhões de hectolitros , em 2016, esse número aumentou para 29 milhões de hectolitros. Hoje, os 84 caminhões da Transportes 77 realizam 3.200 viagens por mês e percorrem 1,15 milhão de quilômetros todos os meses.

Desafios de segurança no Peru

Segundo o Gerente de Transporte Primário da Transportes 77, Paul Fernando Benavides Gil, as empresas de transporte no Peru enfrentam desafios adicionais além do já desafiador negócio de manter motoristas, veículos e carga seguros nas estradas e manter os custos baixos.

No Peru, há uma questão importante de infraestrutura rodoviária subdesenvolvida, falta de regulamentação de segurança e formalidade insuficiente em relação à gestão de segurança de frotas e à verificações periódicas de segurança. Especificamente, Benavides compartilhou que o nível de treinamento de motoristas para mercadorias pesadas é muito baixo em sua opinião. É por isso que ele trabalhou com seu cliente cervejeiro para implementar um programa chamado "Programa de Direção Responsável".

Programa de Direção Responsável

O "Programa de Direção Responsável" tem três iniciativas principais:

  1. Treinamento de Direção Responsável Seis cursos de treinamento de motorista especializados.
  2. Tecnologias de Direção Responsável Um conjunto de ferramentas tecnológicas que permitem ao motorista antecipar e/ou evitar incidentes na estrada.
  3. Reconhecimento de Direção Responsável Um programa de recompensas para reconhecer motoristas que atingem metas estabelecidas.


Telemática e Mobileye se unem à equipe

Como parte da iniciativa Tecnologia de Direção Responsável, a Transportes 77 instalou dispositivos de telemática Geotab, bem como tecnologia de prevenção de colisões Mobileye.

Devido ao fato de que o sistema Mobileye pode ser facilmente integrado a todos os principais sistemas de telemática, a frota conseguiu coletar dados não apenas em rotas, uso de combustível, manutenção do veículo e tempo de motorista, mas também no comportamento do motorista em relação à possíveis colisões que são fornecidos pelo sistema Mobileye. Eles foram capazes de saber, por exemplo, quais os condutores que receberam mais alertas de colisão frontal, avisos de saída de faixa ealertas de colisão com pedestres.

Todos esses dados permitiram um novo nível de monitoramento, engajamento e recompensa do motorista, com base em estatísticas reais da estrada.

Results of the Responsible Driving Program

Antes da instalação da Mobileye e da implementação do Programa de Condução Responsável, a Transportes 77 possuía 0,8 acidentes por milhão de quilômetros em estradas peruanas, o que significa quase um acidente por mês em média. Eles conseguiram diminuir esse número para 0,28 acidentes por milhão de quilômetros - uma redução de 65%.

Essa é uma grande fonte de orgulho para a nossa frota, porque este número é comparável aos padrões americanos ou europeus, onde as estradas são significativamente melhor mantidas, e conseguir isso no Peru é uma grande conquista. Isso não teria sido possível sem o programa de treinamento de motoristas e o Mobileye instalado em todos os veículos.

Benavides também acha que a instalação da Mobileye ajudou a aumentar a confiança do motorista, "Mobileye permitiu que nossos motoristas se sentissem seguros na estrada, tendo um 'co-piloto' acompanhando-os e alertando-os sobre os riscos ao longo do caminho." Ele acredita que isso os ajudou a reduzir a taxa de rotatividade de seus funcionários para apenas 3,3%. Uma marca impressionante para qualquer padrão da indústria.

Ele acrescenta que a segurança anda de mãos dadas com a execução de uma operação eficiente, Estamos convencidos de que essas tecnologias são a melhor maneira de garantir uma operação de transporte otimizada em termos de eficiência e segurança, o que nos permitirá continuar a operar um negócio sustentável, manter nossa licença para operar e contribuir para a prevenção e mitigação de acidentes na estrada.

Conclusão

Ao considerar o sucesso do Programa de Direção Responsável da Transportes 77 no contexto dos desafios peruanos - que são enfrentados por muitos outros países em desenvolvimento - o impacto é ainda mais significativo. Enquanto muitas alternativas de políticas de segurança só mostram grandes melhorias a longo prazo, como a melhoria da infraestrutura rodoviária, a Mobileye permite que as frotas alcancem ganhos significativos de segurança a curto prazo.

O Retorno sobre o Investimento (ROI) é, na verdade, ainda maior do que o considerado em países mais desenvolvidos, devido ao fato de que as circunstâncias iniciais, como níveis de treinamento de condutores e infraestrutura rodoviária, são menores, só para começar.

De fato, quando implementado em conjunto com outras mudanças organizacionais em direção a uma cultura de segurança, como foi feito pela Transportes 77, o efeito tem muito mais poder.

Quer saber mais?
Cadastre-se para receber nossa Newsletter::

Obrigado por cadastrar!